(11)

Ginecomastias

A Ginecomastia, aumento das mamas masculinas não é uma doença, porém, traz enorme incômodo aos homens já que afeta a aparência e tem impacto na autoestima. 40% dos homens são acometidos pela Ginecomastia, o aparecimento costuma acontecer na puberdade e em alguns casos a regressão é espontânea. Entre as principais causas encontramos a desequilíbrio hormonal, uso de anabolizantes e esteroides, drogas, álcool, entre outros.

O diagnóstico é feito pelo exame físico e é possível através de Ultrassom confirmar o tipo de tecido presente nas mamas. Quando há um excesso de gordura, é chamada de Pseudoginecomastia ou Falsa Ginecomastia. Quando o aumento é de tecido glandular, temos a chamada Ginecomastia.

Ginecomastias

A escolha do tratamento cirúrgico depende do tipo de tecido a ser retirado. Na Falsa Ginecomastia, o tecido gorduroso é aspirado através de cânulas. Já Ginecomastia, a retirada se dá através de cortes nas mamas, retirando o tecido glandular. Há também a associação das duas técnicas quando o Grau da Ginecomastia é maior. A cirurgia é realizada em ambiente hospitalar e a internação dura no máximo 1 dia. Após a cirurgia, seguir as recomendações como repouso, utilização de colete compressivo, não pegar peso... faz com que a recuperação seja mais rápida e menos indolor.

A Ginecomastia tem solução, é importante procurar um Cirurgião Plástico competente e tirar todas as dúvidas acerca do procedimento.

.